Equipe da limpeza mantém Festival Italiano organizado para mais de 100 mil visitantes

Funcionários públicos e moradores de Nova Veneza trabalham nos bastidores para manter a festa bonita e organizada. Essa turma se mobiliza para manter a cidade limpa e organizada no período da festa. A ênfase é a destinação sustentável dos resíduos




Com uma estimativa média de público de 100 mil visitantes em seus quatro dias, a 16ª edição do Festival Italiano de Nova Veneza se enquadra no patamar dos grandes festivais do Brasil. A festa, que teve um hiato de dois anos devido à pandemia da Covid-19, volta a ocorrer neste ano, entre os dias 4 e 7 de agosto, com um batalhão de gente para manter a organização e a limpeza do evento.


O festival foi criado para valorizar a história de Nova Veneza, que fica a 39 km de Goiânia, formada por colonos italianos que vieram para o Brasil há mais de 100 anos. A realização é da Prefeitura do município, com patrocínio da Enel Distribuição Goiás, por meio da Lei de Incentivo à Cultura/Goyazes. Tem também o apoio da Câmara Municipal da cidade, Governo de Goiás, Secretaria de Estado da Cultura, tendo como correalizador o Sesc-GO.


Para recepcionar com excelência todos os visitantes, o município realiza uma força-tarefa em relação à limpeza da praça e do espaço onde as pessoas se reúnem durante os quatro dias de festival. Equipes trabalham ininterruptamente para garantir conforto e higiene aos participantes da festa.


O secretário de Governo de Nova Veneza, Andrey Mesquita, conta que a limpeza é terceirizada. De acordo com ele, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente é responsável pela limpeza urbana, de forma geral, mas para a festa são contratadas equipes de moradores da cidade.


“Durante o evento, nesses quatro dias, a gente terceiriza essa limpeza para pessoas do município, moradores da cidade mesmo, donas de casa, aquelas pessoas que estão desempregadas ou que são autônomas”, afirma ele.


Esse é o caso da dona de casa Eliane Venâncio, de 37 anos. Mãe de dois filhos, ela vê no festival uma oportunidade de conseguir uma renda extra para ajudar em casa. “Atualmente, estou apenas em casa, então trabalhar na limpeza do evento é uma chance de fazer um dinheirinho para ajudar nas despesas, que não estão fáceis”, afirma ela.


Como auxiliar de limpeza no festival desde 2015, ela conta que os anos de paralisação foram complicados. “Todo ano, quem trabalha na limpeza já fica na expectativa da realização do evento. Esses anos em que o festival não aconteceu foram ruins para todos nós da cidade, porque esse festival traz muitas oportunidades de trabalho”, conclui.


Segundo Mesquita, também há um destaque para a reciclagem dos materiais durante o período da festa. “Também temos uma cooperativa de catadores de lixo do município que trabalha em parceria com o festival, recolhendo os materiais recicláveis, é uma limpeza auto sustentável”, ressalta ele.


Reciclagem

Coordenadora da equipe de limpeza do 16° Festival Italiano, Fran Gomes reforça que cerca de 80% do lixo gerado pelo festival é reaproveitado. Segundo ela, “os vidros são 100% reciclados e o lixo orgânico, como os restos de comida, são destinados a moradores da zona rural da cidade, que conseguem utilizar os materiais para alimentar os animais”.


De acordo com Fran Gomes, a equipe de limpeza neste ano é composta por 24 pessoas, em dois turnos de trabalho. Conforme a explicação da coordenadora, eles são divididos entre limpeza pesada e manutenção e o trabalho começa ainda na madrugada.


“De sexta para sábado e de sábado para domingo, que são os dias com refeições durante o dia e à noite, a equipe da limpeza pesada começa o trabalho às 2 horas da madrugada, já que por volta das 9h, temos que estar com tudo pronto para recepcionar os visitantes que já estão começando a chegar para o almoço. Já o pessoal da manutenção, retira os lixos das mesas, troca os lixos da praça”, explica ela.



Neste ano, o evento teve como parceiros as empresas: Constru+ Incorporadora, São Salvador Alimentos, Super Frango, Boua, Bonare, Galo, Renata, Di-Cheff, Fecomércio-GO, Lucas Gás, Interseg Turbo, Quinta do Morgado vinhos e sucos, Cordelier vinhos e espumantes, Ríboli Representações e Sicoob Credicapa.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo